Como calcular juros de cartão de crédito atrasado

Se você quer saber como calcular juros de cartão de crédito atrasado? Se sua resposta for não, acompanhe nossas dicas, como fazer este cálculo e muitas outras dicas importantes.

Os juros do cartão de crédito são chamados de “juros rotativos” e aparecem quando não pagamos o valor total da fatura no mês atual. No mês seguinte, devido aos juros do crédito rotativo, todos os fundos não pagos restantes serão devolvidos ao extrato do cartão de crédito em um valor maior.

Isso continua até que devolvemos todo o dinheiro emprestado do banco dessa forma.

A primeira despesa envolvida no atraso no pagamento de faturas são as multas por atraso.

Este valor é, no máximo, 2% do valor total da fatura. Esse valor é fixo e não pode ser alterado, independentemente do número de dias que você leva para pagar a fatura após a data de vencimento.

Tomemos como exemplo a fatura de R $ 200,00: a multa está fixada em R $ 4,00, o que equivale a 2% da fatura.

Como o banco corre o risco de não receber o dinheiro, mesmo que não esteja no contrato, pode cobrar uma multa de mora não superior a 1% do valor da fatura. Se o valor estiver no contrato, o banco pode cobrar uma taxa de até 1%.

Em nosso exemplo, os juros devidos são de no máximo R $ 2,00. Caso o banco não credite esse valor no contrato, pode cobrar uma multa de até 0,5% ao mês, que em nosso exemplo equivale a R $ 1,00.

Pode interessar: Como preencher cheque pré-datado

Pagamento do Mínimo

Se o cliente atrasar o pagamento, mas ainda não pagar a fatura integralmente, o crédito no cartão já está incluso nos juros, que costumam ser superiores a 10% ao mês. Financiar uma fatura de cartão é um empréstimo muito caro.

Esse tipo de juros varia de acordo com seu perfil de risco, mas um bom histórico de crédito corresponde a melhores condições e melhores taxas de juros.

Por exemplo, aqueles que muitas vezes atrasam os pagamentos têm taxas de juros mais altas, assim como aqueles que pagam em dia têm taxas de juros mais baixas.

Detalhe muito importante: qualquer parcelamento de fatura, principalmente optando pelo pagamento da fatura menor, vai resultar na cobrança da maior taxa de juros do mercado financeiro. Sim, os cartões de crédito têm juros ridículos, e atrasos podem significar entrar em um turbilhão de benefícios do qual é difícil se livrar.

Para se ter uma ideia, os primeiros juros da nota de R $ 200 são de R $ 20, que vencem no mês seguinte e são pagos no próximo mês, o que não inclui os juros listados acima.

Como calcular o juros rotativo

Para calcular os juros do faturamento, o cliente precisa saber o valor mínimo permitido pela operadora e a taxa de juros cobrada pelo banco. Essas informações podem ser consultadas na fatura, no contrato do cartão ou você pode entrar em contato diretamente com a operadora.

Ao calcular os juros, uma porcentagem que deve ser dividida por 100 será usada. Dessa forma, o valor é obtido na forma decimal: 5% é 0,05. Verifique passo a passo:

●     Subtraia o valor total do valor mínimo de pagamento. O resultado obtido será o valor não pago, que será devolvido como boleto na próxima fatura;

●     À medida que o valor da conta rotativa aumenta, é necessário multiplicá-lo pelo percentual envolvido nos juros. Nesse caso, você só precisa pagar o valor dos juros;

●     Com base nesse valor, calcule o imposto operacional financeiro (IOF) mensal e o imposto diário. Esses percentuais são 0,38% e 0,0082%, respectivamente;

●     Em seguida, adicione esses valores;

●     O resultado será o valor total a ser pago no próximo mês.

Um exemplo do cálculo do juros rotativo:

●     Juros sobre ações em circulação: 850,00 × (1 + 0,09) R $ 926,50

●     IOF mensal: 850,00 × 0,0038 R $ 3,23

●     IOF diário por 30 dias: 850,00 × 0,000082 × 30 R $ 2,09

●     Valor a pagar no próximo mês: 926,50 + 76,50 + 3,23 + 2,09 R$ 931,82

●     Para saber o valor, basta subtrair R$ 926,50 de R$ 850,00

●     O valor final dos juros é de R$76,50.

Como calcular juros de cartão de crédito atrasado

Após um atraso de 30 dias, é comum que as faturas sejam parceladas. Quando isso acontece, o banco deve disponibilizar uma nova opção para que o titular do cartão não precise pagar juros compostos, sendo o parcelamento uma das opções.

Embora pareça uma boa escolha, é necessário analisar a viabilidade da proposta por meio da taxa de juros cobrada no parcelamento.

Se a proposta de atraso de R$1.000 for o pagamento de R$23,40 em parcelas mensais de 12 meses, a taxa de juros será de 6,625% ao mês. Parece muito pequeno, mas os juros são de R$480,80 (12 × 123,40-1000).

Se você tiver que esperar alguns dias e pagar os juros e multas vencidos, aguarde, pois isso não só arrecada fundos para sua conta, mas também trará mais benefícios.

Para evitar esse problema novamente, planeje melhor para o próximo mês de forma que você sempre pague toda a sua conta e use o cartão cada vez menos. Se necessário, altere o prazo.

No artigo de hoje mostramos como você deve calcular juros de cartão de crédito atrasado, mostrando todas as opções, e como você deve fazer para se organizar melhor.

Se gostou do nosso conteúdo compartilhe com os amigos e familiares, comente abaixo com dicas, sugestões, criticas e ideias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.