O que é curva de possibilidade de produção

A Curva de Possibilidade de Produção (CPP) ou Fronteira de Possibilidade de Produção (FPP) lista a quantidade máxima que pode ser produzida entre dois ou mais produtos.

Esse conceito leva em consideração a escassez, que é a limitação da seleção do produto, pois mais de um deve ser produzido e, quando a capacidade de produção for maximizada, a quantidade do outro produto diminuirá.

Para o FPP, é necessário considerar os recursos e tecnologias disponíveis para que seja possível obter o valor máximo da economia. Além disso, ao analisar no gráfico, a curva representa o valor máximo no mix de produção. Possibilidade de produção e custo de oportunidade.

Ao analisar a capacidade máxima de produção de um produto, devido à escassez, a ciência econômica considerará o excedente de produção de um produto para aumentar a produção de outro produto.

O custo de oportunidade é uma medida teórica do custo de produção de outro produto sem produzir um produto. Para CPP, este valor é representado pela inclinação do limite.

Possibilidade de produção e custo de oportunidade

Devido à escassez, a ciência econômica considera a quantidade de um produto que não é produzida devido à produção de outro produto.

Portanto, a medida teórica que mostra esse fator é chamada de custo de oportunidade. Portanto, no caso de uma curva de possibilidade de produção, o valor é representado pela inclinação da fronteira.

Curva de possibilidade de produção: exemplo

Por exemplo, suponha que um trabalhador produza diferentes quantidades da parte A e da parte B em uma hora. Nesse caso, considerando o tempo, quando ele para completamente de produzir outra peça, sua capacidade de produção é maior em número de peças.

Portanto, pode-se dizer que quando o trabalhador não produz nenhum B, ele pode produzir 60 peças de A, mas quando o trabalhador não produz A, ele pode produzir 30 peças de B.

Curva de Economia e Possibilidade de Produção

Ao todo, pode-se dizer que a economia envolve três questões básicas: O que produzir,

Para quem produz, e Como produzir. Quando falamos em CPP, o principal valor da análise é o que é produzido e como é produzido.

Isso ocorre porque esse recurso permite que a indústria analise com antecedência quais produtos podem ser produzidos em quantidades maiores ou por mais tempo. Por isso, é necessário considerar que os recursos são escassos em geral. Vimos isso na indústria de papel, que depende do plantio de eucalipto.

Até o açúcar é usado porque a principal forma de coleta da cana-de-açúcar no Brasil ainda envolve a queima. Essa estratégia pode ser mais barata, mas, a longo prazo, torna o solo inutilizável.

Como resultado, medir a disponibilidade dessa matéria-prima se tornou crítica.Além disso, é necessário medir as tecnologias e tipos necessários para viabilizar essa produção.

Vantagens de usar a curva de possibilidade de produção

O CPP é considerado básico, pois por meio dele, podem-se considerar os fatores de produção que atingem a capacidade produtiva da empresa, cidade ou país.

A eficiência da produção se tornará um fator decisivo na decisão de investir em um determinado produto.

Áreas comerciais

Na análise de negócios, a suposição do FPP é que, devido aos recursos limitados disponíveis, a produção de uma mercadoria só pode aumentar quando a produção de outra mercadoria diminui. Portanto, o FPP mede a eficiência com a qual dois produtos podem ser produzidos ao mesmo tempo.

Esses dados são muito importantes para os gerentes que buscam determinar a combinação precisa de ativos que melhor beneficiará os resultados financeiros da empresa.

FPP assume que a infraestrutura tecnológica é constante e enfatiza a noção de que quando uma organização econômica com recursos limitados deve tomar uma decisão entre dois produtos, o custo de oportunidade geralmente aumenta.

No entanto, a curva FPP não se aplica a empresas que produzem três ou mais produtos competindo pelo mesmo recurso.

O que é curva de possibilidade de produção

CPP é representado por um arco. Uma mercadoria é representada no eixo X e a outra mercadoria é representada no eixo Y. Cada ponto do arco representa a quantidade mais eficaz das duas mercadorias que pode ser produzida usando os recursos disponíveis.

Economistas usam CPP para provar que um país eficiente produzirá o que é mais capaz de produzir, enquanto outros países negociam com outros países.

Por exemplo, se uma organização sem fins lucrativos fornece uma mistura de livros didáticos e computadores, o CPP pode mostrar que pode produzir 40 livros didáticos e 7 computadores, ou 70 livros didáticos e 3 computadores.

A gestão da agência deve determinar as questões mais urgentes. Neste exemplo, o custo de oportunidade de reproduzir 30 livros é igual a quatro computadores.

Pontos chave

A Fronteira de Possibilidade de Produção (FPP) define o conjunto de combinações possíveis de bens e serviços que a sociedade pode produzir dados os recursos disponíveis. Escolhas fora do FPP não podem ser alcançadas e escolhas dentro do FPP são um desperdício.

A lei dos rendimentos decrescentes estipula que, à medida que recursos adicionais são investidos na produção de bens, o crescimento marginal da produção diminui.

Todas as opções de FPP apresentam eficiência produtiva, ou seja, é impossível utilizar recursos sociais para produzir mais de uma mercadoria sem reduzir a produção de outra.

A escolha específica no FPP que reflete o conjunto de commodities mais almejado pela sociedade é a escolha com eficiência na distribuição.

Quando o custo de oportunidade de um determinado produto em um país é menor do que o custo de oportunidade de outro país, dizemos que o país tem uma vantagem comparativa sobre o produto.

FPP em todo o país

Para dar outro exemplo, imagine uma economia nacional que só pode produzir duas coisas: vinho e algodão. De acordo com o FPP, os pontos A, B e C da curva do FPP representam o uso mais eficiente dos recursos pela economia.

Por exemplo, produzir 5 unidades de vinho e 5 unidades de algodão (ponto B) é tão ideal quanto produzir 3 unidades de vinho e 7 unidades de algodão. O ponto X representa o uso ineficiente de recursos, enquanto o ponto Y representa uma meta que a economia não pode atingir com seu nível atual de recursos.

Como vimos, para que esta economia produza mais vinho, alguns recursos (alínea a) atualmente utilizados para a produção de algodão devem ser abandonados.

Se a economia começar a produzir mais algodão (representado pelo item B), ela terá que desviar recursos da produção de vinho, portanto, produz menos vinho do que produz no ponto A.

Além disso, ao deslocar a produção do ponto a para o ponto B, a economia deve reduzir a produção de vinho em uma pequena quantidade em comparação com o aumento da produção de algodão. No entanto, se a economia mudar do ponto B para o ponto C, a produção de vinho será muito reduzida e o aumento do algodão será pequeno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.